Agora você pode se inscrever por RSS

Cadastre seu e-mail

28 de novembro de 2014

DIÁRIO DE UM CONCURSEIRO – QUER PASSAR NO CONCURSO? ENTÃO VÁ DORMIR

Livan Pereira

E hoje, mais uma vez, eu começo a coluna com boas notícias (e, dessa vez, de verdade). A primeira delas é que eu passei em um concurso. Eu já até tinha comentado aqui, mas agora é oficial. Serei (ou não) oficial de justiça no Pará. Na verdade, fiquei em 10º lugar. Eram 3 vagas imediatas mais cadastro reserva, então talvez eu não volte para minha terra tupiniquim... mas prefiro ser otimista. Se, por um acaso, assim, coisa do destino, 7 pessoas que estão na minha frente forem suicidadas acidentalmente, a vaga é minha...

A segunda notícia é que no curso para exame oral que eu fui fazer em São Paulo, meio que nos deram um acompanhamento coaching (já expliquei o que é isso em outra coluna. Se você não leu, ainda dá tempo) e nos ensinaram realmente muita coisa. E a principal delas é que é preciso dormir para passar. Na verdade, dormir é mais eficiente do que estudar. E não, eu não estou sonhando (embora, pelo adiantado da hora, deveria).

São 11 da noite e eu estou escrevendo essa coluna na velocidade 5! Estou perdendo horas preciosas de sono para escrever esse texto (que eu espero sinceramente que vocês leiam). Então vamos ao que interessa. Lá no curso me falaram de um tal sono supimpamente reparador. O tal sono faz milagres. Chamam de sono REM. Mas não só. Existem uns paranauês sobre a hora em que esse sono tem que acontecer para que faça o efeito máximo, que é descansar o corpo, a mente, e ARMAZENAR AS INFORMAÇÕES (meu sonho!)!

hommer

E aqui está o grande problema. A coach do curso me mandou dormir às 9 da noite. O sono das 9 à 1 da manhã é sagrado. O problema é que dormir às 9, em tempos de Facebook, Instagram e Whatsapp é quase impossível. Mas eu estou tentando, e às vezes até consigo. Se funciona? Mais do que praga de sogra! Já estou acordando duas horas mais cedo! Todo santo dia, às 11 da manhã, já estou de pé. Almoço (porque também mandaram eu me alimentar direito), tiro um cochilinho de pelo menos 2 horas (porque o organismo fica lento depois do almoço), vou para a academia (porque também mandaram eu me exercitar), janto algo leve e rápido, tipo 2 hambúrguers McDonalds ou Burguer King, tomo meu banho (porque infelizmente herdamos dos índios a mania de banhar todo santo dia), e me deito, já que não posso dormir tarde.

A memória? Acho que está uma maravilha! Está até com espaço para armazenar bastante coisa. Agora sim tenho disposição de sobra para estudar... o que eu não tenho mais é tempo...

assinaturajuliete

0 comentários:

Postar um comentário

Coprights @ 2017, Blogger Templates Designed By Templateism | Templatelib